Thursday, October 19, 2006

quero, eu quero...


mas... ai ai ai nietzsche

...vixe! ...e hoje é dia das vírgulas, ...manhã fria, gente quente, esquentando a cabeça do nada, com NADA, gente noiada, nonada, ...cabeça quente com o que não se deve esquentar, até com aparência, com o que é impar e parece par e, coisas bem mais importantes... se deixando passar, no tempo do tempo, e o mundo real à minha volta... agora reinvernando em plena primavera... e o outro mundo aquele mesmo, que vê tudo, que sente muito, tudo, por tudo, e que ama tudo, ...esse mundo todo, todinho, tadinho, só quer ficar abraçado pra esquentar no frio, reter calor e, até derreter, igual vela acesa, e até voar no ar, fino ou denso, espesso ou rarefeito, empurrar o barco, igual vela tesa, percorrer ou planar matemático o arco da terra, na terra, no mar ou no ar até chegar ali onde está o que se quer, o que é bom e que verdadeiramente vale a pena, ...e onde está aquele calor no frio? "...you're hot!? i'm fire!" ...e se esquentar demais a gente se refresca no mar, no rio, na chuva, num chuveiro, no frio de um quintal estrelado, ...se se quer, vale muito, vale tudo, vale cada pena caída das asas do pássaro que voa demais, que não desiste de voar na direção do que quer, ...pois quando se quer, mesmo, de verdade, nem doer dói, nem custar custa, nem se vê o que passou, tem foco, tem augusto discernimento, tem clareza da direção, e segue sempre, tem sentido, tem consciência do fim, ...e quer encontrar ali a luz!!! (credo! acho que isso foi psicoteclado pois saiu assim de uma só vez, sem emendas nem rasuras ahahahah, deve assim representar algum tipo de verdade então! ou não...)



1 Comments:

At 20 October, 2006 10:48 , Blogger Fastolf.b said...

Alguns pequenos ajustes e vira letra de música!!!
Ótimo...

É essa cidade, Marquito... essa cidade.
Abração

 

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

<< Home