Friday, August 11, 2006

o piano

fim de ciclo

...a chegada do piano marca mesmo o fim de um ciclo? claro que sim e, se puxamos pela memória há uma forte carga simbólica mesmo, nessa história... e aquela visita de ontem foi algo muito estranho... e todos aqueles silêncios também... afff, que dificuldade algumas pessoas têm para aceitar certas coisas! e ao mesmo tempo não têm coragem alguma para se mover numa direção efetivamente modificante... por outro lado, ontem foi também um dia especialmente intenso e de muitas visitas ao atelier e, no caso de ontem foi especialmente bom pois muitas pessoas muuuuito queridas estiveram por aqui, wooow!!! delícia!!! ...e tive um dia de afastamento completo de algo* que tem me incomodado muito e que tenho que tomar algumas atitudes duras, difíceis e radicais pra conseguir me livrar... *sobre esse algo só volto a falar depois (logo logo), a título de título apenas uma breve pincelada no capitalismo de resultados... ou: ...eu não nasci pra isso!!! messsssmo!!!
.
que meda!!!
.
...ela vem tentando se reaproximar, discretamente... mas de várias maneiras, inclusive por meio de acasos incríveis e pelas formas mais estranhas, como por exemplo esse interesse de outros também por ela e, de súbito já me vejo citado e envolvido... credo! que medo! ...tentei me afastar o máximo que pude mas nunca consegui me distanciar de fato, assim, de um modo ou de outro ela sempre esteve "bem perto", no mínimo aqui dentro de minha cabeça, SEMPRE... e eu... bem minha vontade de afastamento foi mesmo uma decisão bem racional, impulsionada pela minha, tão esporádica, capacidade de sensatez... pois enquanto estive "grudado" pensava que acabaria por enlouquecer... e na verdade continuo achando isso, ahahahahah... mas vou deixando agora o acaso cuidar do que cabe a ele, de minha parte sigo como sempre seguindo meus impulsos e, se for o caso... caso, hehehe, afinal de contas eu a amo e todos sabem disso muito bem e, nunca neguei esse meu amor afinal... mas no fundo, no fundo tenho mesmo muito medo...(...) pois sei que se eu me deixar levar posso mesmo me perder de vez, posso mesmo me jogar com tudo e, nesse caminho... com o respeito que tenho, com tantos sonhos que tenho e sempre tive com essa união, com o tamanho do meu amor por ela... afff, eu sei bem como que ela tem o poder de me afastar de todas as outras... coisas, de todos meus outros amores, esse poder latente que ela tem de me fazer querer "mergulhar de cabeça pra nunca mais voltar"... (...) ...vou agora (com enorme dificuldade, claro) tentar levar isso em 'banho maria' e viver normalmente tudo que há pra viver e, tentar assim, conviver com essa presença de algum modo que possa ser bom, apenas como complemento e não como a única coisa que importa. eita que medo da porra hein!? anyway, ela sempre fez parte da minha vida, continua fazendo e, SEMPRE fará... amém...

2 Comments:

At 11 August, 2006 12:56 , Anonymous  said...

O dia que você der um real basta nisso, tudo vai mudar. Pouco importa os novos e outros amores, porque eles serão sempre deixados de lado por ela...ou por algo mais.

Mas tenho a impressão que ela lavará um susto tamanho que talvez realmente sua vida mude, para sim ou para não. Mas pelo menos uma definição. Venha com lágrimas ou com felicidade extrema. Mas defina!

O piano voltou, e isso já é um grande sinal de que é hora da música voltar ao seu coração com a força certa.
Eu (infelizmente) raramente estou errada, my friend... e te digo que sua vida está mudando, e pra melhor. "Não há lugar aqui em baixo pra quem já esteve lá em cima". É preciso escalar de volta o caminho para seu spot, com ou sem "ela". Quem te ama te acompanha...e te ajuda a levantar. Não esqueça!

Adoro você com muita força...e você sabe disso. Gosto quando vocÊ começa a ver as coisas com mais clareza. Acredito no seu coração por ele ser puro e bom a ponto de se apagar e ceder para viver em paz. Mas há de haver o momento nessa sua vida (que é linda) em que esse coração grite alto que agora chega! Que é hora de recuperar o que perdeu...amor, grana, coisas, vida, tudo! E nessa hora vocÊ vai ser tão feliz, mas tão feliz, tão feliz...que vamos todos poder ver o céu mais azul, o sol mais dourado, a primavera eterna!
E eu quero ser testemunha disso tudo.

Lv u...
e sim, eu sei, eu falo demais!
fuck! I dont give a shit! hahahahaha

Beijos

 
At 11 August, 2006 14:29 , Blogger marcos freitas said...

(by heart)

"i guess it was the beatings...
make me wiiiiiiiiise...
(...)
saw things... saw things...
(clearer) saw things...
so much clearer once you...
once you...

saw things so much clearer...
once you... were in my...
rearview mirror..."

wow!!! ...and i can play this song!!!

 

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

<< Home